Director: Júlio Manjate

A quantidade de lixo espalhado na cidade da Beira aumentou consideravelmente nos últimos tempos, de tal forma que em diferentes bairros chega a invadir as ruas, afectando a transitabilidade. LEIA MAIS

Comments

Teve início, esta terça-feira, as obras de construção do primeiro lote das 25 mil casas destinadas aos jovens no bairro de Maraza, na cidade da Beira, província de Sofala.

O presidente do Conselho Municipal da Cidade da Beira, Daviz Simango, que dirigiu a  cerimónia do lançamento da primeira pedra revelou que numa primeira fase serão erguidas 100 casas.

Trata-se do segundo projecto desta natureza, sendo o primeiro denominado “Casa Real” e já está em execução no bairro de Inhamizua, uma actividade dirigida por uma organização parceira do município.

O projecto de 25 mil casas, conforme explicou Daviz Simango, será implantado numa área de 400 hectares que parte da zona do Aeroporto até Maraza, no bairro da Munhava.

Simango referiu que a empreitada será precedida por aterros, pois a zona onde as casas serão implantadas é pantanosa. Para tal, está confirmada a disponibilidade de 200 mil euros financiados pelo governo holandês.

Refira-se que os 400 camponeses que desenvolviam as suas actividades agrárias naquele espaço, receberam valores monetários de acordo com a extensão da sua parcela para poderem recomeçarsuas vidas em outros locais.

 

Comments

A  LAM – Linhas Aéreas de Moçambique vai colocar à disposição do público voos a partir da cidade da Beira tendo como destino as cidades de Pemba, Nampula, Tete e Lichinga.

Os voos vão iniciar este domingo, indica um comunicado de imprensa emitido hoje pela companhia, que o Notícias Online teve acesso.

Segundo o documento, os voos em referência serão directos, à excepção da ligação Beira/Lichinga e vice-versa, a realizar-se às segundas e quartas-feiras, observando uma escala técnica em Tete.

O percurso Beira/Nampula e vice-versa será operado às terças, sextas-feiras, sábados e domingos, enquanto a rota Beira/Pemba, incluindo o sentido inverso tem os voos marcados para terças-feiras e aos domingos.

Com estas ligações, a LAM materializa o objectivo de proporcionar ao mercado mais opções de voos, neste caso directos, nas rotas inter-provinciais, onde antes operava fazendo escalas em destinos intermédios.

Os novos voos cujo horário está em anexo, serão operados por uma aeronave Embraer 120, com capacidade de 29 lugares.

Comments

O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) disse ontem que tem a “situação controlada” na província de Sofala, após as chuvas intensas da semana passada, que deixaram cinco mil pessoas vulneráveis. “A situação está controlada e agora estamos a fazer um levantamento junto dos secretários dos bairros para ver quem são as pessoas que carecem de apoios alimentares”, disse à Lusa o técnico para área de emergência do INGC, Ismael César. A chuva intensa abateu-se sobre os distritos de Marromeu, Cheringoma, Caia, Muanza, Dondo, Búzi, Nhamatanda, Marínguè, Machanga, Gorongosa e cidade da Beira, entre quarta e quinta-feira, provocando inundações e destruindo infra-estruturas, numa região que está a recuperar do impacto do ciclone Idai. "Muitas famílias refugiaram-se em escolas e outros pontos seguros, mas já estão em suas residências apesar de ainda existir bairros e casas alagadas", frisou o responsável. O levantamento dos danos continua e o INGC destaca os sectores da educação, infra-estruturas e agricultura como os mais afectados, com a destruição de pelo menos uma escola no distrito de Machanga e a inundação de vários campos agrícolas. O centro do país foi devastado pela passagem, em Março, do ciclone Idai, que provocou 604 mortos e afectou cerca de 1,5 milhões pessoas no centro do país, além, de destruir várias infra-estruturas. Pouco tempo depois, em Abril, o norte do país voltou a ser afectado por outro ciclone, o Kenneth, que causou a morte a 45 pessoas e afectou 250 mil.

Comments

A cidade da Beira acordou na manhã de hoje (5) de baixo de chuvas intensas que vem caindo desde 23 horas da última quarta-feira, deixando assim várias casas de baixo da água e algumas vias intransitáveis.

Na ronda que o “Noticias” fez um pouco por toda cidade constatou que nas paragens dos semi-colectivos de passageiros encontravam-se vários munícipes à procura de transportes públicos para puder se deslocar para vários pontos da cidade, entretanto havia escassez de meios.

Ainda durante a ronda constatou-se certas viaturas ficaram avariadas devido a água que penetrou até aos motores. Os bairros mais afectados são Manga e Munhava, onde várias famílias tiveram que abandonar as casas.

O delegado do Instituto Nacional de Meteorologia em Sofala (INAM), Achado Paiva, falando à nossa reportagem, disse esperar melhoria do estado do tempo a partir do fim do dia de amanhã.

Segundo a fonte, a origem da queda na cidade da Beira e um pouco por resto da província foi o registo de altas temperaturas e esse fenómeno provocou a formação de uma zona de baixas pressões criando assim instabilidade atmosférica.

Por consequência disso criou-se condições para a precipitação um pouco por toda província de Sofala e na região sul do país, com maior quantidade para a cidade da Beira onde chegou a registar 211,2 milímetros em 10 horas de tempo.

“Em um dia só na cidade da Beira houve queda da chuva correspondente a um período de 15 dias”, explicou Paiva.

Apelando assim para as pessoas não estarem ao relento, nem debaixo das árvores e evitar atravessar locais com maior profundidade, por outro lado, as embarcações não se podem fazer ao mar.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction