Imprimir
Categoria: Maputo
Visualizações: 1146

OS vendedores do mercado municipal da Polana-Caniço, na cidade de Maputo, vão iniciar, dentro de dias, jornadas de limpeza com vista a permitir a desinfecção do local em cumprimento das medidas de prevenção da Covid-19.

O “Mucoreano” está na lista dos mercados que deverão ser encerrados, temporariamente, para dar espaço à reorganização, com vista a minimizar o risco de contágios pelo novo coronavírus. 

 Entretanto, os responsáveis do mercado pretendem antecipar o processo de higienização, por entender que se as condições de limpeza estiverem em dia, não precisarão suspender as actividades, por três ou cinco dias, tal como ocorreu no “Xipamanine” e “Grossista do Zimpeto”.

Segundo a chefe da comissão do mercado da Polana-Caniço, Arsénia Manhawu, neste momento decorre o trabalho de sensibilização dos vendedores, de modo a cooperarem na organização do mercado.

“Queremos melhorar a disponibilidade de água e sabão para a higienização das mãos e principalmente permitir que haja o distanciamento de pelo menos um metro e meio entre os vendedores e clientes”, explicou Manhawu.

O “Mucoreano” conta com cerca de 40 barracas e mais de 160 bancas, das quais metade estão desocupadas, por alegada falta de clientela no mercado.