Director: Júlio Manjate

CRISTIANO Ronaldovenceu segunda-feira o prémio de melhor jogador da última temporada da Série “A”italiana, entregue pelo sindicato de jogadores do país. No mesmo dia em que o português ficou em terceiro lugar na Bola de Ouro de 2019, a AIC [Associazione Italiana Calciatori] distinguiu o avançado da Juventus. Leia mais

Comments

PASSARAM dez anos entre os dois golos. O primeiro, o salto improvável a bater Rio Ferdinand na final da Liga dos Campeões-2009, a selar a tripla do Barcelona nessa temporada de sonho e a lançá-lo para a primeira Bola de Ouro. Esse golo de 2009 foi especial para Messi, é um dos que escolhe quando lhe pedem para falar dos seus melhores tentos. Leia mais

Comments

A SELECÇÃO Nacional de Futebol empatou, na noite de ontem, a duas bolas, em Cabo  Verde, em partida da segunda jornada do Grupo “F” de acesso ao CAN-2021, cuja fase final terá lugar nos Camarões.

Telinho e Witi foram os marcadores dos golos dos "Mambas", num jogo intenso na capital cabo-verdiana, Praia, no qual o combinado nacional teve de ir por duas vezes àbusca do empate.

Os "Mambas" entraram praticamente a perder ao sofrerem o golo logo aos sete minutos, mas na ponta final da primeira parte, Telinho restabeleceu a igualdade numa jogada de envolvimento.

Com 1-1 foi-se ao descanso e, no reatamento, Cabo Verde voltou a colocar-se em vantagem nos instantes iniciais. E quando tudo indicava que Moçambique sairia derrotado da Praia, eis que aparece Witi a fazer o 2-2 final, num lance desenhado por Dominguez. 

Foi um balde de água fria nas bancadas,onde os cabo-verdianos vinham festejando o iminente triunfo.

Com o empate, os "Mambas" continuam na liderança do grupo, agora com quatro pontos, os mesmos dos Camarões que no domingo derrotaram, por 1-0, o Ruanda, na casa deste.

Moçambique tem vantagem no "goal-average" em relação aos “leões indomáveis”,com os quais joga na terceira jornada,marcada para Agosto de 2020.

Comments

Os “Mambas” chegaram ontem à cidade da Praia e logo foram fazer o treino oficial, único que realizaram na capital cabo-verdiana antes do jogo de logo à noite, referente à segunda jornada do Grupo “F” de qualificação ao CAN-2021.

A equipa nacional chegou em dois grupos. Aliás, desde Maputo até a Praia o grupo viajou sempre separado, com o grosso número dos atletas a chegar ao princípio da tarde, em contraste com os cinco atletas e preparador físico que desembarcaram ao amanhecer.

O jogo é de capital importância para as duas equipas, mas com Cabo-Verde a acusar pressão de ter que ganhar a qualquer custo por duas razões.

Primeiro porque na primeira jornada, os "Tubarões Azuis" arrancaram um precioso empate sem golos no terreno dos Camarões, enquanto Moçambique derrotava o Ruanda, por 2-0.

Segundo, porque este é o primeiro jogo que Cabo-Verde faz em casa e quer dar sequência ao bom arranque feito na passada quarta-feira, em Yaoundé.

Um misto de pressão e euforia que fez com que as autoridades governamentais de Cabo-Verde decretassem Tolerância de Ponto para a cidade da Praia, na Ilha de Santiago, onde vai decorrer o jogo.

Apesar de tudo, os “Mambas” estão aqui para ganhar.

A equipa vai ser ousada e disposta a jogar para ganhar, mas sem que tal signifique que não tomará os devidos cuidados estruturais que têm sido marca no consulado de Luís Gonçalves.

NARCISO NHACILA, NA CIDADE DA PRAIA

LEIA MAIS

Comments

A Selecção Nacional de basquetebol sénior feminina está qualificada ao Torneio Pré-Olímpico Mundial, a disputar-se em Fevereiro de 2020, numa cidade por indicar. Trata-se da derradeira etapa que qualifica as equipas aos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Para conseguir a façanha, a equipa liderada pelo estreante Leonel “Mabê” Manhique derrotou, esta na noite, o Senegal por 56-49 no encerramento da zona africana do Torneio Pré-Olímpico, disputado no pavilhão do Maxaquene, na cidade de Maputo.

Além de Moçambique, representará o continente africano a Selecção Nacional da Nigéria.

Na fase regular, o combinado nacional apenas realizou uma partida, depois da desistência da República Democrática de Congo, horas antes do evento. Assim, Moçambique disputou apenas um jogo naquela fase, tendo perdido, no sábado, diante da forte equipa da Nigéria (58-47), que há quatro anos não perde nenhum jogo com equipas africanas.

O resultado relegou a equipa de todos nós ao segundo lugar do seu grupo “A”. A segunda posição colocou Senegal, primeira classificada do grupo “B”, como nosso oponente. De resto, era o adversário mais difícil e com contas a ajustar com Moçambique. No último Afrobasket disputado em Dakar, em Agosto, Senegal eliminou Moçambique nas meias-finais por 60-57, tirando qualquer possibilidade de chegar à final.

Ontem, as também chamadas “guerreiras” limitaram o Senegal que nos primeiros seis minutos não marcou nenhum ponto. Moçambique fez um parcial de 5-0. Mas o primeiro quarto chegaria com vantagem de Senegal por um ponto (10-9).

No segundo quarto Moçambique teve uma entrada avassaladora. As senegalesas não baixaram os braços, e responderam à medida. Todavia, a pressão alta que a Selecção Nacional fazia a todo campo bloqueou literalmente o seu adversário. Moçambique foi ao intervalo a vencer por oito pontos (18-26).

Se à longa distância continuavam a escassear soluções, o mesmo não se pode dizer em relação às penetrações, com boas combinações entre Tanucha e Tamara. De resto, foi um terceiro quarto bastante sofrido. Embora estivesse a vencer por uma margem de 10 pontos, Moçambique saiu com apenas dois de vantagem (32-34).

Entrávamos no momento decisivo. A equipa de todos nós estava a 10 minutos de definir o seu futuro: vencer para se qualificar à fase mundial dos de qualificação aos Jogos Olímpicos Tóquio-2020. Com apenas um minuto do jogo a diferença era tangencial (35-36).

Senegal pediu desconto de tempo. Passou a defender a todo campo. A equipa de Mabê acusou a pressão e o nervosismo. Moçambique vencia por seis pontos (39-45). Um triplo de Elizabeth Pereira (41-48) devolveu as esperanças, para depois garantir praticamente a qualificação com mais um triplo (43-53), com um minuto e 20 segundos do fim, estabelecendo o resultado final em 49-56.

DEANOF POTOMPUANHA

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction