Director: Lázaro Manhiça

A Selecção Nacional de basquetebol sénior feminina está qualificada ao Torneio Pré-Olímpico Mundial, a disputar-se em Fevereiro de 2020, numa cidade por indicar. Trata-se da derradeira etapa que qualifica as equipas aos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Para conseguir a façanha, a equipa liderada pelo estreante Leonel “Mabê” Manhique derrotou, esta na noite, o Senegal por 56-49 no encerramento da zona africana do Torneio Pré-Olímpico, disputado no pavilhão do Maxaquene, na cidade de Maputo.

Além de Moçambique, representará o continente africano a Selecção Nacional da Nigéria.

Na fase regular, o combinado nacional apenas realizou uma partida, depois da desistência da República Democrática de Congo, horas antes do evento. Assim, Moçambique disputou apenas um jogo naquela fase, tendo perdido, no sábado, diante da forte equipa da Nigéria (58-47), que há quatro anos não perde nenhum jogo com equipas africanas.

O resultado relegou a equipa de todos nós ao segundo lugar do seu grupo “A”. A segunda posição colocou Senegal, primeira classificada do grupo “B”, como nosso oponente. De resto, era o adversário mais difícil e com contas a ajustar com Moçambique. No último Afrobasket disputado em Dakar, em Agosto, Senegal eliminou Moçambique nas meias-finais por 60-57, tirando qualquer possibilidade de chegar à final.

Ontem, as também chamadas “guerreiras” limitaram o Senegal que nos primeiros seis minutos não marcou nenhum ponto. Moçambique fez um parcial de 5-0. Mas o primeiro quarto chegaria com vantagem de Senegal por um ponto (10-9).

No segundo quarto Moçambique teve uma entrada avassaladora. As senegalesas não baixaram os braços, e responderam à medida. Todavia, a pressão alta que a Selecção Nacional fazia a todo campo bloqueou literalmente o seu adversário. Moçambique foi ao intervalo a vencer por oito pontos (18-26).

Se à longa distância continuavam a escassear soluções, o mesmo não se pode dizer em relação às penetrações, com boas combinações entre Tanucha e Tamara. De resto, foi um terceiro quarto bastante sofrido. Embora estivesse a vencer por uma margem de 10 pontos, Moçambique saiu com apenas dois de vantagem (32-34).

Entrávamos no momento decisivo. A equipa de todos nós estava a 10 minutos de definir o seu futuro: vencer para se qualificar à fase mundial dos de qualificação aos Jogos Olímpicos Tóquio-2020. Com apenas um minuto do jogo a diferença era tangencial (35-36).

Senegal pediu desconto de tempo. Passou a defender a todo campo. A equipa de Mabê acusou a pressão e o nervosismo. Moçambique vencia por seis pontos (39-45). Um triplo de Elizabeth Pereira (41-48) devolveu as esperanças, para depois garantir praticamente a qualificação com mais um triplo (43-53), com um minuto e 20 segundos do fim, estabelecendo o resultado final em 49-56.

DEANOF POTOMPUANHA

Comments

A SELECÇÃO Nacional da República Democrática de Congo desistiu da fase africana do Torneio Pré-Olímpico em Basquetebol Sénior Feminino, que ontem arrancou no pavilhão do Maxaquene, na cidade de Maputo. Inseridas no Grupo “A”, juntamente com Moçambique e Nigéria, as congolesas tinham o seu primeiro embate marcado para as 15.30h, diante da Nigéria, o que não chegou a acontecer.

Ainda não há informações oficiais da desistência da equipa que ocupou o sexto lugar no último “Afrobasket”. Por seu turno, a Nigéria até deslocou-se ao pavilhão, mas às 15.00h retirou-se de regresso ao hotel, depois da confirmação do adiamento do jogo. LEIA MAIS

Comments

O PSG, Manchester City e Bayern de Munique podem carimbar o passaporte para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões Europeus caso vençam os seus encontros logo à noite inseridos na primeira jornada da segunda volta da fase de grupos.

O PSG recebe o Club Brugge para o Grupo “A”, Bayern de Munique terá a visita do Olympiacos para o Grupo “B”, enquanto o Manchester Citydesloca-se ao terreno do Atalanta para o Grupo “C”.

Os franceses comandam o Grupo “A” com nove pontos, mais cinco que os merengues, enquanto o Brugge tem dois e Galatasaray apenas um. No Grupo “B”, o Bayern de Munique vai à frente com nove pontos, o Tottenham tem quatro, o Crvena soma três e o Olympiacos um. O Grupo “C” é liderado pelo Manchester City com nove. Dínamo de Zagreb e Shakhtar têm quatro e Atalanta está na cauda com zero. No Grupo “D”, a Juventus e o Atlético de Madrid vão à frente com sete pontos, Lokomotiv soma três e Leverkusen tem zero.

JOGOS PARA HOJE

Lokomotiv-Juventus

Real Madrid-Galatasaray

Bayern-Olympiacos

Leverkusen-Atl. Madrid

Dínamo Zagreb-Shakhtar

Crvena Zvezda.Tottenham

Atalanta-Manchester City

PSG-Clube Brugge

RESULTADOS

Grupo H

Chelsea-Ajax (4-4)

Valência-Lille (4-1)

Grupo F

Dortmund-Inter Milão (3-2)

Barcelona-Slavia Praga (0-0)

Grupo G

Leipzig-Zenit (2-0)

Lyon-Benfica (3-1)

Grupo E

Liverpool-Genk (2-1)

Nápoles-Salzburg (1-1)

Comments

Doze anos depois, a África do Sul conquistou o título de campeão mundial de rugby ao vencer,na final, disputada em Yokoama, a Inglaterra pela marca de 32-12.

Os “springbkoks” foram superiores nos planos físico e táctico, conseguiram desconstruir habilmente o jogo dos seus adversários ingleses e vencer a final de Yokoama, no Japão, por 32-12.

Os sul-africanos já tinham sido campeões do mundo, respectivamente,em 1995 e 2007.Em 2007, os “springboks”venceram na final em França, precisamente a Inglaterra,por 15-6.

Siya Kolisi, capitão dos Springboks, falando após o triunfo disse: “Nós levámos o troféu para a África do Sul. Estamos muito felizes.Estou orgulhoso pela África do Sul”.

A décima e próxima edição do “Mundial”de Rugby decorrerá em França em 2023.

Presidente Nyusi felicita pela conquista

O Presidente da República, Filipe Nyusi, enviou ontem uma mensagem de felicitação ao seu homólogo sul-africano, Cyril Ramaphosa, pela terceira conquista do Campeonato Mundial de Rugby, pela equipa daquele país, que decorreu em Yokohama, Japão.

Na mensagem, o Chefe do Estado afirma que “foi com enorme satisfação que tomamos conhecimento que a equipa conhecida por “Springboks”, saiu vitoriosa no jogo da final diante da poderosa equipa inglesa, sagrando-se campeã mundial pela terceira vez.

A nota aponta ainda que, ao vencer um campeonato mundial de Rugby bastante competitivo, os “Springboks” mostraram que o trabalho árduo e de equipa, a determinação, fé, paixão pela modalidade e o patriotismo compensaram.

“Hoje o desporto e o Rugby, em particular, despontam como a cola capaz de unificar uma Nação e uma Região perante os desafios e serve de exemplo do que a unidade e a liderança forte podem alcançar”, refere.

Em nome do Povo, do Governo da República de Moçambique e no meu próprio, gostaria de apresentar as nossas mais sinceras felicitações. Nós em Moçambique associamo-nos a Vós, em júbilo por esta assinalável conquista e a composição da equipa que reflecte a nação arco-íris que é a África do Sul é verdadeiramente inspiradora e constitui uma lição de inclusão que todos aspiramos nas nossas sociedades. Bem-haja “Springboks”! Parabéns África do Sul!, lê-se na mensagem.

Comments

A União Desportiva do Songo foi ontem, em Joanesburgo, eliminada da Taça CAF pelo Bidvest Wits, após derrota humilhante, por claros 0-6, em jogo da segunda “mão” do “play-off” de acesso à fase de grupos da competição.

O Songo sai desta eliminatória com um agregado desfavorável de 1-8, isto após desaire, por 1-2, no Estádio Nacional do Zimpeto, uma semana antes no embate da primeira “mão”.

Ontem os erros defensivos é que ditaram o desaire. Dois golos sofridos na primeira parte, ambos na sequência de penaltes evitáveis cujos lances emergem de perdas infantis de bolas, e quatro tentos sofridos na segunda metade com Guirrugo, Bhéu e sobretudo Amorim a serem os maus da fita.

Aliás, na noite de ontem o Songo só apareceu na primeira metade, na segunda andou perdido em campo, pelo que o adversário até podia ter feito mais.

Nota negativa também para o técnico Nacir Armando que não soube gerir as operações. A equipa precisava de reforçar o caudal ofensivo, mas preferiu manter um avançado (Telinho) em todo o jogo quando as opções não faltavam. Após esta eliminação, a UD Songo resta lutar pelo Moçambola e pela Taça de Moçambique.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction