Imprimir
Categoria: Economia
Visualizações: 1227

O índice que mede a actividade empresarial em Moçambique caiu em Setembro para o valor mais baixo dos últimos cinco meses, de acordo com o inquérito mensal às empresas levado a cabo pelo Standard Bank.

"Em Setembro, o principal registo situou-se nos 51,1, o que representa uma descida relativamente aos 51,8 registados em Agosto, indicando o segundo abrandamento consecutivo na taxa de crescimento do sector privado moçambicano; foi o registo mais baixo dos últimos cinco meses, apontando para uma melhoria apenas ligeira nas condições operacionais no fim do terceiro trimestre", lê-se no relatório.

No documento, a que a Lusa teve acesso, explica-se que os valores que compõem o “Purchasing Managers” Index (PMI), quando são acima de 50 pontos, apontam para uma melhoria nas condições para as empresas no mês anterior, enquanto os registos abaixo de 50 mostram uma deterioração deste índice internacional que mede a actividade empresarial e que inclui, entre outros cálculos, os dados sobre as novas encomendas, prazo de entrega dos fornecedores, novas contratações e preço global dos meios de produção.

No relatório que acompanha a divulgação dos dados, o gabinete de estudos económicos do Standard Bank escreve que, apesar desta descida, "as condições para as empresas melhoraram de novo em Moçambique durante o mês de Setembro, apesar do abrandamento do ritmo de melhoria com um aumento apenas ligeiro da actividade empresarial".

Ainda assim, a confiança dos empresários melhorou significativamente no mês passado: "O sentimento em relação ao panorama do próximo ano melhorou significativamente em Setembro. Os membros do painel estavam optimistas em que o desenvolvimento das empresas e o crescimento económico iriam conduzir a uma actividade adicional durante os próximos 12 meses, apesar do recente abrandamento".