Imprimir
Categoria: Internacional
Visualizações: 927

ABIY Ahmed, Primeiro-ministro etíope, artesão da reconciliação doseu país com a Eritreia, é desde ontem Prémio Nobel da Paz.Ele era um dos favoritosde entre mais de 300 candidaturas-pessoas e organizações este ano registadas pelo Comité Nobel norueguês. A Etiópia está "orgulhosa como país" com a atribuição deste prémio, reagiu de imediato o Gabinete do chefe do governo de Addis Abeba. Leia mais