kids

Director: Júlio Manjate

O uso de máscara passa hoje a ser obrigatório na África do Sul, num dia em que o Governo inicia um levantamento gradual das medidas de confinamento contra a pandemia provocada pelo novo coronavírus.

O anúncio foi feito pela ministra dos Assuntos Tradicionais da África do Sul, Nkosazana Dlamini-Zuma, numa conferência de imprensa, referindo que a utilização de máscara será obrigatória sempre que a pessoa pretender sair de casa.

De acordo com o ministro do Comércio e da Indústria, Ebrahim Patel, o sector agrícola poderá retomar a sua actividade de forma total, enquanto restaurantes poderão estar abertos para entregas ao domicílio e as minas têm a possibilidade de retomar parcialmente a sua actividade.

Apesar do alívio das restrições, a ministra Dlamini-Zuma apelou para que a população continue a ficar em casa.

“Caso não seja um trabalhador essencial ou não trabalhe num sector prioritário, continue a ficar em casa, excepto para adquirir bens essenciais ou serviços médicos”, vincou a ministra, que pediu para, sempre que possível, se recorrer ao trabalho remoto.

O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, anunciou uma “flexibilização” gradual das normas de confinamento, que vigoram desde 27 de Março com o objectivo de conter a propagação do novo coronavírus.

“Embora o confinamento nacional seja, provavelmente, o método mais eficaz para conter a propagação do vírus, não poderá continuar a ser sustentado por tempo indeterminado. O nosso povo precisa de se alimentar, de ganhar a vida, as empresas têm de produzir, comercializar, gerar receita e de manter os seus funcionários”, disse Ramaphosa em 22 de Abril.

Na ocasião, Cyril Ramaphosa afirmou também que a concentração pública de pessoas continuará a ser proibida, à excepção de funerais, mas que o exercício físico vai passar a ser permitido “segundo regras de saúde pública restritas a anunciar”.

Actualmente no valor mais elevado, o nível de alerta sanitário será reduzido com o objectivo de se retomarem certas actividades.

A partir de hoje volta também a ser permitida a venda de tabaco, embora o comércio de álcool continue limitado.

Em vigor entra também um toque de recolher obrigatório entre as 20:00 e as 05:00, sendo que os trabalhadores considerados essenciais não serão afectados por esta medida.

De acordo com dados do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana, o número de mortes provocadas pela Covid-19 em África é superior a 1600, com mais de 37 mil casos da doença registados no continente.

Com 5350 casos, a África do Sul é o país com mais infecções registadas no continente, número que inclui 103 mortes e 2073 recuperações.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia da Covid-19 já provocou mais de 230 mil mortos e infectou mais de 3,2 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Cerca de 908 mil doentes foram considerados curados.

Comments

O número de mortes provocadas pela Covid-19 em África subiu para 1521 até ontem, com quase 35 mil casos da doença registados em 52 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), até ontem o número de mortos subiu de 1467 para 1521, enquanto as infecções aumentaram de 33.273 para 34.915.

O número total de doentes recuperados subiu de 10.091 para 11.309.

O norte de África mantém-se como a região mais afectada pela doença e já ultrapassou os mil mortos (1004) em 13.986 casos registados.

Na África Ocidental, há 218 mortos e 8824 infecções. A África Austral contabiliza 107 mortos em 5369 casos da Covid-19.

A pandemia afecta 52 dos 55 países e territórios de África, com cinco países – África do Sul, Argélia, Egipto, Marrocos e Camarões - a concentrarem cerca de metade das infecções pelo novo coronavírus e mais de dois terços das mortes associadas à doença.

O Egipto regista 359 mortos e ultrapassou os cinco mil infectados (5042), a África do Sul conta 93 mortos e 4996 doentes infectados, enquanto Marrocos totaliza 165 vítimas mortais e 4252 casos e os Camarões contabilizam 59 mortos e 1806 infectados.

O maior número de vítimas mortais regista-se na Argélia (437), em 3649 doentes infectados.

Entre os países africanos lusófonos, Cabo Verde lidera em número de infecções, com 113 casos, e mantém o registo de um morto.

Moçambique tem 76 casos declarados da doença, nove recuperados e sem óbitos, enquanto a Guiné-Bissau regista 78 casos de infecção pelo novo coronavírus, com um morto, incluindo o primeiro-ministro no poder e mais três membros do seu Governo.

Angola tem 27 casos confirmados de Covid-19 e dois mortos e São Tomé e Príncipe, o último país africano de língua portuguesa a detectar a doença no seu território, regista 11 casos positivos.

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), tem 315 casos positivos de infecção e um morto, segundo o África CDC.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia da Covid-19 já provocou mais de 215 mil mortos e infectou mais de três milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 840 mil doentes foram considerados curados.

Comments

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou esta segunda-feira (27) na possibilidade de pedir a Pequim o pagamento de biliões de dólares em compensação pelos danos causados pelo novo coronavírus.

“Estamos descontentes com a China”, afirmou, em conferência de imprensa. A doença “poderia ter sido parada na fonte e não se ter espalhado pelo mundo”, justificou.

“Existem várias maneiras de responsabilizá-los, estamos a conduzir uma investigação muito séria” sobre esse assunto, acrescentou Donald Trump.

Ainda na mesma conferência, o Presidente norte-americano disse que vai manter as fronteiras encerradas até que a situação da pandemia da Covid-19 na Europa melhore.

“Estamos a analisar (a anulação do veto que impede a entrada nos EUA de viajantes provenientes da Europa) e depende do tempo que demorar a Europa a curar-se. Itália está a começar a recuperar. Fico contente de ver isso com o meu amigo, o primeiro-ministro”, sublinhou, referindo-se ao chefe do Governo italiano, Giuseppe Conte.

Donald Trump qualificou de “trágico” o impacto do surto do novo corona vírus na Europa, enumerando Itália, Espanha, França e Alemanha como exemplos.

“Em todos os países ali, é trágico, mas muito em breve veremos o que sucede na Europa e, com certeza, queremos fazê-lo (levantar o veto do encerramento de fronteiras) e eles também o querem muito”, revelou.

O encerramento das fronteiras com a Europa por parte dos EUA teve início em 14 de Março, por um período inicial de 30 dias que, entretanto, foi renovado, podendo prolongar-se enquanto o presidente norte-americano achar necessário.

Os Estados Unidos registaram 1.303 mortos nas últimas 24 horas devido à pandemia da Covid-19, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

No total, 56.164 pessoas morreram nos Estados Unidos. O número de infectados subiu para 987.467, com cerca de 111 mil pessoas a serem dadas como recuperadas.

Os Estados Unidos continuam a ser o país com registo de mais mortos e de casos confirmados.

Comments

A ÁFRICA do Sul celebrou ontem o Dia da Liberdade, data em que se comemora o fim do regime minoritário do Apartheid e as primeiras eleições democráticas em 1994. O dia foi comemorado sob um estrito confinamento nacional que limita muitas liberdades numa tentativa de conter a disseminação do devastador novo coronavírus (Covid-19). Leia mais

Comments

Os Estados Unidos registaram 1.330 mortos nas últimas 24 horas devido à pandemia da covid-19, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

No total, 54.841 pessoas morreram nos Estados Unidos. O número de infectados subiu para 964.937, com cerca de 100 mil pessoas a serem dadas como recuperadas.

Os Estados Unidos continuam a ser o país com registo de mais mortos e de casos confirmados.

Seguem-se Itália (26.644 mortos, mais de 197 mil casos), Espanha (23.190 mortos, mais de 207 mil casos), França (22.856 mortos, cerca de 162 mil casos) e Reino Unido (20.732 mortos, perto de 153 mil casos).

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 204 mil mortos e infectou mais de 2,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Perto de 800 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando sectores inteiros da economia mundial.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction