Director: Júlio Manjate

A Sociedade Aberta, uma plataforma da sociedade civil moçambicana, capacitou 24 observadores do recenseamento eleitoral na província de Maputo, visando garantir que o processo corra com maior transparência e dentro das normas e procedimentos eleitorais. 
A actividade enquadra-se na iniciativa de observação do ciclo eleitoral a nível dos distritos da província de Maputo, que compreende 640 postos de recenseamento previstos, com o objectivo de credibilizar o processo eleitoral, que vai culminar com a votação no dia 15 de Outubro próximo em Moçambique.
Os dados foram revelados hoje pelo representante da Sociedade Aberta, José Diás, no âmbito da capacitação de 24 observadores eleitorais na província de Maputo, que espera recensear 494 mil eleitores, de um total 1 161 000 previstos, sendo que o grosso dos eleitores em questão já está recenseado, no âmbito das eleições autárquicas de Outubro do ano passado. 

 

   

 

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction