Director: Júlio Manjate

O Arcebispo de Maputo, Francisco Chimoio, defendeu que o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional, assinado este mês, não deve ser mais uma peça teatral, porque o povo moçambicano está cansado de conflitos armados.

“É necessário que haja vontade política por parte do Governo e da Renamo para que este acordo não seja mais um teatro”, afirmou Francisco Chimoio, em declarações, ontem, à Televisão de Moçambique (TVM).

O Governo e a Renamo devem respeitar os compromissos que assumiram para que o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional possa prevalecer, disse.

“O nosso desejo é que se respeitem os anseios do povo moçambicano, porque está cansado de guerras”, declarou Francisco Chimoio.

O Presidente da República, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Ossufo Momade, assinaram no passado dia 06 do mês em curso, em Maputo, o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional.

O pacto é o terceiro entre o Governo da Frelimo e a Renamo.

O primeiro foi assinado em 1992, para pôr termo à guerra civil de 16 anos, e o segundo foi rubricado em 2014, após confrontos entre o braço armado da Renamo e as Forças de Defesa e Seguranca, na sequência da recusa do principal partido da oposição em reconhecer os resultados das eleições gerais.

 

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction