Imprimir
Categoria: Política
Visualizações: 671

O secretário parlamentar do Canadá para o ministro dos Negócios Estrangeiros, Rob Oliphant, aterrou ontem em Maputo, para participar, hoje, cerimónia de investidura do Presidente da República, Filipe Nyusi.

Um comunicado de imprensa do Alto Comissariado do Canadá em Moçambique enviado  à Redacção da AIM refere que durante a visita Oliphant deverá reunir-se com “membros do Governo e outros parceiros para discutir assuntos de interesse comum”.

A visita de três dias inclui a identificação de oportunidades para colaboração na paz e segurança, mudanças climáticas, comércio e investimento, igualdade de género, redução da pobreza, a ordem internacional baseada em regras e na cooperação multilateral.

A agenda de Oliphant inclui ainda uma visita a uma unidade sanitária, para se inteirar dos progressos e dos desafios do sector da saúde.

O Canadá comprometeu-se em investir 76 milhões de dólares canadianos (cerca de 3,6 mil milhões de meticais ao câmbio actual) nas áreas de saúde sexual e reprodutiva e direitos reprodutivos, durante três anos, áreas prioritárias para a assistência internacional do Canadá a Moçambique.

“Estou ansioso por explorar como podemos continuar a trabalhar juntos para garantir um mundo mais próspero, inclusivo e sustentável que se baseia em regras internacionais”, disse.

A visita faz parte do compromisso contínuo do Canadá de cooperar com os parceiros dos países africanos e discutir oportunidades e prioridades compartilhadas.

Canadá apoia Moçambique nos esforços para promover boa governação, paz e segurança.

Em 2019, Canadá investiu cerca de 1,5 milhões de dólares para o processo de paz.

Em resposta às devastações causadas pelos ciclones tropicais Idai e Kenneth, em Março e Abril de 2019, Canadá também disponibilizou mais de 10 milhões de dólares em ajuda humanitária às regiões afectadas, dos quais 7,25 milhões de dólares para Moçambique.