Imprimir
Categoria: Política
Visualizações: 1497

A Assembleia da República (AR) poderá beneficiar do apoio da sua congénere finlandesa para melhorar a sua capacidade de actuação, sobretudo na fiscalização das actividades do Executivo.
O apoio surge no âmbito do estreitamento das relações de cooperação entre as duas instituições.
O compromisso foi assumido ontem, em Maputo, durante a visita de cortesia que o Ministro da Cooperação para o Desenvolvimento e Comércio da Finlândia, Ville Skinnari, fez à Presidente da AR, Esperança Bias.
Falando minutos após o encontro, Skinnari disse que o governo finlandês também deseja apoiar o sector da Educação e incrementar a cooperação económica.
“Como é sabido, a Finlândia é muito conhecida pelo seu sistema de Educação que é muito bom, então é uma área prioritária de cooperação. Por isso, vamos trabalhar na Educação”, disse a fonte.
Os dois países também poderão cooperar a nível empresarial, de forma a criar mais oportunidades de negócio para a geração de emprego, disse o ministro, para de seguida acrescentar também que vamos trabalhar a nível comunitário para cada vez mais melhorarmos a vida da população”.
O presidente da Comissão dos Assuntos Constitucionais, Direitos Humanos e de Legalidade na AR, António Boene, explicou que o encontro serviu, igualmente, para avaliar a cooperação entre os dois países e povos.
“A Finlândia tem um novo governo. Naturalmente, há uma nova perspectiva, nova abordagem deste governo, principalmente na cooperação com Moçambique. Então, eles estão abertos a ver até que medida poderão estreitar ou aprofundar as relações de amizade e cooperação com Moçambique”, disse.
“O ministro estabeleceu aqui áreas em que a Finlândia está disposta a cooperar, incluindo investimento para a geração de mais emprego”, ajuntou.