Director: Júlio Manjate

A Assembleia da República prepara a nona legislatura 2020-2024, com o aprimoramento do programa de integração dos novos deputados eleitos nas sextas eleições gerais, de 15 de Outubro.

No âmbito da iniciativa, será organizado hoje e amanhã, em Maputo, um “workshop” visando colher as contribuições dos funcionários do parlamento e de académicos sobre conteúdos para a formação dos deputados que vão compor a nona legislatura.

O coordenador do Centro de Estudos e Formação Parlamentar da Assembleia da República, Acácio Beleza, frisou à Rádio Moçambique que o programa de inserção inclui a preparação dos deputados sobre como se apresentar nas sessões do parlamento.

Segundo a fonte, o programa de integração dos deputados, financiado pela Assembleia da República e parceiros, poderá estender-se até 2021.

 

Comments

A Assembleia da República prepara a nona legislatura 2020-2024 com o aprimoramento do programa de integração dos novos deputados eleitos nas sextas eleições gerais, de 15 de Outubro.

No âmbito da iniciativa, será organizado hoje e amanhã, em Maputo, um workshop visando colher as contribuições dos funcionários do parlamento e de académicos sobre conteúdos para a formação dos deputados que vão compor a nona legislatura.

O coordenador do Centro de Estudos e Formação Parlamentar da Assembleia da República, Acácio Beleza, frisou a Rádio Moçambique, que o programa de inserção inclui a preparação dos deputados sobre como se apresentar nas sessões do parlamento.

Segundo a fonte, o programa de integração dos deputados, financiado pela Assembleia da República e parceiros, poderá estender-se até 2021.

Comments

O partido Renamo negou, hoje, na capital do país, o seu envolvimento nos ataques que ocorrem nas províncias de Manica e Sofala, na região centro do país.

A reacção surge dias depois do chefe da auto-proclamada Junta Militar da Renamo, Mariano Nhongo, ter assumido a responsabilidade do seu grupo pelos ataques que ocorrem na região centro do país, em declarações feitas ao “Notícias”.

O porta-voz da Renamo, José Manteigas, nega que os ataques sejam da autoria da Renamo, respisou.

“Definitivamente, a Renamo distancia-se dos ataques praticados por estes concidadãos, por isso, o que nós dissemos, é que a Renamo não tem nada a ver com o que está a acontecer, e lamentamos o facto do porta-voz da Polícia da República de Moçambique, aparecer ao público a acusar a Renamo de forma irresponsável e caluniosa, sublinhou José Manteigas.

A fonte explicou ainda que as forças residuais da Renamo encontram-se em Gorongosa e todos os moçambicanos sabem que esperam serenamente pelo processo de desmobilização, desarmamento e reintegração social. (RM)

Comments

O Ministério da Defesa Nacional anunciou ontem ter desmantelado mais esconderijos de supostos malfeitores que semeiam terror junto das populações da província nortenha de Cabo Delgado.

Segundo um comunicado de imprensa emitido pelo MDN refere, no seguimento do plano de actividades no Teatro Operacional Norte (TON) as Forças de Defesa e Segurança assestaram, no sábado (2 de Novembro), mais golpes de artilharia contra novos esconderijos dos malfeitores na foz do rio Messalo, distrito de Muidumbe, na província de Cabo Delgado.

De acordo com o mesmo documento, durante a operação das FDS foram causadas baixas consideráveis aos insurgentes e muitos encontram-se em fuga. Entretanto, as operações prosseguem e as Forças de Defesa e Segurança continuam em prontidão combativa.

Comments

O partido extraparlamentar Nova Democracia pediu que a Polícia liberte 18 membros daquela força política detidos em Chókwè, província de Gaza, desde 15 de Outubro, dia de eleições, por “motivações políticas”, refere.

“Os nossos delegados de candidatura foram detidos, alegadamente, porque tinham credenciais falsas. Até agora permanecem na prisão. Está claro que há motivações políticas”, disse à Lusa Quitéria Guirengane, mandatária nacional do Nova Democracia (ND).

"Eles prenderam os nossos membros simplesmente porque queriam facilitar a manipulação do resultados eleitorais em Gaza".

“Não faz sentido acusarem-nos de falsificar credenciais que eles próprios nos deram”, referiu.

Guirengane acrescenta que os agentes da Polícia que detiveram os membros daquele partido estavam acompanhados por responsáveis da direcção provincial do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE).

A Lusa tentou, sem sucesso, contactar a Polícia em Gaza e o gabinete de comunicação dos órgãos eleitorais.

O ND submeteu um recurso junto do Conselho Constitucional exigindo a libertação dos seus membros, após um primeiro documento ter sido rejeitado pelo Tribunal Distrital de Chókwè, na quinta-feira.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction