Director: Júlio Manjate

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, deu a entender que não assinará o diploma do Prémio Camões concedido ao compositor e escritor Chico Buarque, cuja entrega formal está prevista para Abril do próximo ano, em Portugal. A informação é avançada pelo jornal Folha de São Paulo, que conta que, ao ser questionado sobre a assinatura do documento, o estadista respondeu que a decisão era “segredo”. Leia mais

Comments

Os prémios Nobel da Literatura de 2018 e 2019 foram atribuídos a dois escritores, nomeadamente, Olga Tokarczuk e Peter Handke, segundo o anúncio feito na manhã de hoje, em Estocolmo, na Suécia.

A escolha para 2018 recaiu sobre a polaca de 57 anos, vencedora do Man Booker Prize International, no ano passado, pela sua “imaginação narrativa, que com uma paixão enciclopédica representa o cruzamento de fronteiras como forma de vida”.

Já a atribuição do Nobel da Literatura de 2019 ao austríaco Peter Handke, de 76 anos, foi justificada pelo seu “trabalho influente de engenharia literária” e pela sua capacidade de “explorar a periferia e a especificidade da experiência humana”.

Comments

Os vencedores do Prémio Nobel da Literatura referentes a 2018 e 2019 vão ser hoje anunciados em Estocolmo, depois de um ano de suspensão, devido ao escândalo de abuso sexual e crimes financeiros que abalou a Academia Sueca.

As casas de apostas para o Nobel da Literatura 2019 colocam a poeta e ensaísta canadiana Anne Carson em primeiro lugar entre os favoritos, numa lista que tem à cabeça cinco mulheres.

De acordo com o 'site' britânico de apostas Nicer Odds, a também canadiana Margaret Atwood, autora de “A História de uma serva”, aparece logo em segundo lugar, seguida pela francesa Maryse Condé, a primeira da lista de língua não inglesa.

Seguem-se como favoritas a escritora polaca Olga Tokarczuk (vencedora em 2018 do Prémio Man Booker Internacional) e a romancista russa Lyudmila Ulitskaya.

O primeiro homem a aparecer na lista dos principais candidatos é o queniano Ngugi wa Thiong’o, seguido pelo japonês Haruki Murakami e pelo romancista húngaro László Krasznahorkai.

O escritor checo Milan Kundera, o albanês Ismail Kadaré, o espanhol Javier Marias e o chinês Yu Hua são outros dos nomes fortes na casa de apostas.

A possibilidade de o próximo vencedor ser uma mulher e ser um autor de língua não inglesa ganhou mais força depois de o secretário da Academia Sueca, Anders Olsson, ter afirmado, na semana passada, que os critérios deste ano mudaram, conforme noticiou o jornal “The Guardian”.

Dado que os dois últimos vencedores - Kazuo Ishiguro e Bob Dylan - escrevem em inglês e apenas 14 dos 114 premiados são mulheres, Anders Olsson reconheceu a necessidade de o júri "ampliar as perspectivas".

"Tínhamos uma perspectiva mais eurocêntrica da literatura e agora estamos a olhar para todo o mundo. Anteriormente, era muito mais voltado para homens. Agora, temos tantas escritoras, que são, realmente, fantásticas, pelo que esperamos que o prémio e todo o processo do prémio tenham sido intensificados e tenham um âmbito muito mais alargado”, disse.

O Nobel da Literatura, actualmente, no valor de nove milhões de coroas suecas, é atribuído ao escritor que, nas palavras do testamento de Alfred Nobel, produza, “no campo da literatura, o trabalho mais notável numa direcção ideal".

 

 

Comments

O MINISTROda Cultura e Turismo, Silva Dunduro, procedeu à entrega de livros à Biblioteca Pública Provincial de Sofala, há dias, numa tentativa de minorar os estragos do ciclone Idai, que destruiu cerca de 17 mil livros, naquela parcela do país. A entrega resulta de uma iniciativa do Ministério da Cultura e Turismo e parceiros, que mobilizaram apoios para a aquisição de obras literárias e científicas diversas. Leia mais

Comments

A Banda RM parte hoje, quarta-feira, para Macau, onde vai representar Moçambique num festival inserido na Semana Cultural da China e dos países de língua portuguesa.

 Durante o encontro de despedida da banda, havido segunda-feira, em Maputo, a directora-adjunta das Indústrias Culturais e Criativas no Ministério da Cultura e Turismo, Elisabeth Alfredo, disse esperar que a banda RM represente o país da melhor forma.

A Banda RM diz estar preparada para representar Moçambique no festival de Macau, a decorrer de 12 a 18 deste mês, através da exibição de diversos ritmos musicais, em que a Marrabenta será destaque.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction