Director: Lázaro Manhiça

O TRIBUNAL Judicial da província de Cabo Delgado, adiou, ontem (25), o julgamento de 12 iranianos, detidos em Dezembro de 2020, transportando mais de uma tonelada de heroína.

O adiamento, para uma data a anunciar, deve-se à falta de um intérprete depersa, idioma falado pelos indiciados, cuja embarcação foi interceptada pelas Forças de Defesa e Segurança (FDS).

O nosso jornal apurou junto do Cartório da 4ª Secção Criminal do Tribunal Judicial da província de Cabo Delgado que, até à data em que devia ocorrer a sessão de julgamento, o tribunal não tinha sido notificado sobre a chegada ou não à Pemba, ido da cidade de Maputo, do intérprete, conforme forasolicitado.

Os 12iranianos foram detidos pelas FDS a14 de Dezembro de 2019, acerca de 100 quilómetros da costa, numa embarcação a motor, sem nome e matricula, de cor mista, azul e castanho.

Segundo o Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC), quando o grupo se apercebeu da presença das FDS incendiouo barco e lançouao mar, numa tentativa de fuga.

Dias depois, as FDS apreenderamuma outra embarcação, na zona de Maringanha, arredores da cidade de Pemba, com 13 cidadãos também  estrangeiros, que mais tarde apurou-se se tratar de paquistaneses, com 431,8 quilogramas de heroína e ice.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction