Director: Júlio Manjate

O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho de Rosário, disse ontem, na cidade de Pemba, em Cabo Delgado, que a prioridade do Governo neste momento é salvar vidas e garantir a rápida normalização da circulação de pessoas e bens nesta região, assolada, há duas semanas, por intensas chuvas que já cortaram a comunicação entre distritos da província.

Falando a jornalistas, momentos após desembarcar na capital provincial, Do Rosário explicou que, enquanto não se encontra solução definitiva para o problema de destruição da ponte sobre o rio Montepuez, que liga cidade de Pemba aos distritos da região centro e norte, o Governo vai aumentar o número de embarcações no local do sinistro para incrementar a travessia de pessoas e bens nas duas margens.

“Estamos igualmente a trabalhar na mobilização de pontes metálicas para montar tanto no local onde desabou a ponte sobre o rio Montepuez, como em Menguelewa, para além de identificação de vias alternativas à estrada cortada”, disse do Rosário.

Congratulou o governo de Cabo Delgado pelo trabalho que tem estado a realizar, desde a declaração do estado de emergência na província, como a assistência alimentar e médica, a provisão de abrigo para os pouco mais de 10 mil afectados pela calamidade, para além de evitar a perda de vidas humanas.

Dados oficiais indicam que até ao momento se registou a morte de uma pessoa, enquanto outra é dada como desaparecida, na sequência do naufrágio de uma das três embarcações que garantem o transporte de pessoas e bens entre as duas margens do rio Montepuez.

Ainda ontem, o Primeiro-ministro orientou a 3ª sessão do Comité Operativo de Emergência, na qual desafiou o sector das Obras Públicas e Habitação a definir um cronograma específico de intervenção para a solução definitiva do problema.

Hoje, Do Rosário deverá sobrevoar as zonas consideradas críticas e escalar a aldeia de Nivico, em Quissanga, local onde a 28 de Dezembro último desabou a ponte sobre rio Montepuez, e a região de Menguelewa, distrito de Muidumbe, onde se registou o segundo corte da Estrada Nacional número 380, na sequência da  destruição da ponte sobre o rio Messalo.

No cumprimento da sua agenda, o governante trabalhará noutras áreas afectadas, como na aldeia Mahate, também em  Quissanga, e em Meluco, onde sobrevoará os rios Minapo e Mingonha.

Na sua visita de três dias a Cabo Delgado, com o objectivo de se inteirar do impacto das chuvas, o Primeiro-ministro faz-se acompanhar dos vice-ministros de Recursos Minerais e Energia, Augusto Fernandes, e das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Victor Tauacala.

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction