Imprimir
Categoria: Nacional
Visualizações: 1047

A TRANSMISSÃO local é a forma predominante de propagação do novo coronavírus em Moçambique e a maioria das pessoas infectadas é assintomática, de acordo com a última análise epidemiológica feita pelas autoridades de saúde.

A análise baseia-se nos dados mais recentes, divulgados na segunda-feira, segundo os quais o país acumula desde Março 1.720 casos positivos, 11 óbitos e 602 recuperados.

“A transmissão local é a forma predominante de propagação do vírus SARS-CoV-2 , sendo, por isso, de extrema importância a adopção contínua das medidas de prevenção”, alerta o relatório do Instituto Nacional de Saúde.

Em Moçambique “o número de casos, de hospitalizações e de óbitos devido à Covid-19 regista um crescimento gradual, mas menos acentuado que em outros países da região”, acrescenta.