Director: Júlio Manjate

O sector da Saúde absorveu, nos últimos quatro anos, 10.884 novos profissionais, entre médicos, técnicos superiores, médios e básicos.

Dados em poder do “notícias” indicam que este reforço contribuiu para a melhoria do rácio habitante/médico, saindo de 18.603, em 2015, para 11.904, em 2018, representando uma redução em 36 por cento.

De acordo com o Ministério da Saúde (MISAU), os novos quadros foram distribuídos por quase todo o país, como forma de reduzir as desigualdades geográficas entre os grupos populacionais no acesso e utilização dos serviços sanitários.

“A disponibilidade equitativa de recursos humanos qualificados é, provavelmente, o maior constrangimento para a implementação adequada dos programas e tem uma grande influência sobre a qualidade dos cuidados”, indica um documento sobre as principais realizações do MISAU na área dos recursos humanos.

Com efeito, durante o período em referência, foram colocados 240 especialistas moçambicanos nos hospitais centrais, provinciais, gerais e em alguns distritais, visando melhorar a capacidade técnica e a qualidade de serviços prestados aos utentes.

Por exemplo, na província de Gaza, o número de médicos passou de 83, em 2015, para 126 em 2019, e em Sofala, a quantidade destes profissionais subiu de 209 para 254 até ao primeiro semestre de 2019.

Já na Zambézia, foram contratados 1087 profissionais de Saúde, dos quais 88 médicos, incluindo 17 especialistas, melhorando assim o rácio habitante/médico, passando de 31.853, em 2014, para 25.047 em 2019.

O sector aponta ainda a construção de dois novos institutos de formação de profissionais de saúde em Nacala, província de Nampula, e Infulene, em Maputo.

Estas instituições formam cerca de 500 estudantes por ano, o que reforçou o quadro de graduados a nível nacional com a formação de 9.929 profissionais de saúde ao longo dos últimos 3 anos.

Foram atribuídas, de 2015 a 2018, 123 bolsas para estágios complementares aos residentes médicos em formação, em várias especialidades fora do país.

Com estes recursos, entre outros, o sector da Saúde vem aumentando a força de trabalho, contando até 2018 com 57.502 profissionais, contra 48.733, em 2015.

Comments

A afectação de recursos humanos ociosos nos estabelecimentos penitenciários em actividades produtivas deve transformar estes centros em pólos de produção para o reforço da dieta alimentar dos reclusos, e geração de rendimentos que permitam a implementação de projectos de melhoria da qualidade de reclusão. O repto foi lançado esta sexta-feira em Maputo pelo Director-geral do Serviço nacional Penitenciário (SERNAP), no acto de empossamento de cinquenta e dois funcionários em diversas funções na guarda penitenciária, afectos aos Estabelecimentos Penitenciários Especiais de Máxima Segurança da Machava e para Mulheres de Maputo, Provincial de Maputo, Preventivos de Maputo e Língamo. LEIA MAIS

Comments

A visita do Santo Padre a Moçambique, entre os dias 4 e 6 de Setembro, foi eleita acontecimento do ano pelos jornalistas do “Notícias” pelo significado histórico, social e político que encerra. Pesou também para a escolha, o facto de a visita ter sido um veículo para o relançamento da esperança de paz no país. LEIA MAIS

Comments

As chuvas intensas acompanhadas de rajadas de vento que fustigam a província de Cabo Delgado desde a última quinta-feira já levaram à destruição total ou parcial de pelo menos 61 casas em diversos bairros da capital provincial, Pemba, que além de registar inundações está sem energia eléctrica devido à queda de postes das linhas de transporte.

Face ao agravamento da situação, autoridades administrativas da cidade de Pemba desdobram-se em acções de sensibilização da população para abandonar zonas de risco para lugares seguros, uma vez que as previsões apontam para a continuidade do mau tempo.

Segundo o Presidente do Conselho Municipal de Pemba, Florete Simba, as casas destruídas estavam todas localizadas no populoso bairro de Cariacó, e na sua maioria pertenciam à unidade residencial de Chibuabuari, por sinal o mais vulnerável da cidade.

Para além de destruir casas, os ventos “arrancaram” a cobertura de cinco salas de aula. Quarenta e cinco embarcações de carga e pesca são dadas como desaparecidas ou destruídas e o trânsito virou um caos no centro da cidade devido à queda de árvores, que obstruíram as faixas de rodagem.

A empresa Electricidade de Moçambique (EDM) indica que pelo menos seis linhas de média tensão foram afectadas, o que forçou a interrupção do fornecimento de energia eléctrica na urbe.

A Direcção Provincial de Saúde não reporta qualquer morte associada ao fenómeno, mas confirma cinco casos de diarreias que deram entrada até ontem no Hospital Provincial, sendo que todos tiveram alta após receberem a devida assistência.

Segundo o médico-chefe provincial, Magifo Sabuni, a DPS e parceiros de cooperação reúnem hoje para fazer o rescaldo preliminar das chuvas e avaliar as acções que devem ser desenvolvidas para repor os danos e fazer face à época chuvosa, que se prolonga até Março próximo.

Comments

A DIRECÇÃO Nacional de Gestão de Recursos Hídricos (DNGRH) alerta que nas próximas 72 horas as bacias hidrográficas dos rios Muaguide, Megaruma, Messalo, Montepuez, Rovuma, Mecubúri e Licungo poderão registar incremento do volume de escoamento e atingir níveis de alerta.

O facto poderá condicionar a transitabilidade entre Nairoto-Mirate e Mecúfi-Chiúre, inundando as aldeias de 25 de Junho, Nanjua, Pulo, Tratara, Nuamapala, Bandar, Nangua e Nacuta. Poderá prevalecer o cenário de inundações urbanas na cidade de Pemba e Quelimane e erosão na cidade de Nacala-Porto.

Estima-se que mais de 40 mil pessoas possam estar em risco.

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Bento Baloi

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction