Director: Júlio Manjate

Os governos das províncias de Manica e Sofala montaram postos de desinfecção obrigatória de passageiros nas Estradas Nacionais Um e Seis (EN1 e EN6), no âmbito de prevenção do novo coronavírus.

O administrador do distrito de Gondola, Morgan Candeeiro, que fez a monitoria da iniciativa, esta quarta-feira, envolvendo a desinfecção obrigatória de passageiros no cruzamento de Inchope, recomendou à equipa multissectorial para fazer o trabalho olhando para o valor da vida humana.

“Veio de Maputo, Beira, Nampula, Quelimane e passa daqui, temos que obriga-lo, queira ou não, a lavar as mãos. Tem de pegar em cloro, em tudo aquilo que é obrigatório para prevenir a nossa saúde e dos outros”, disse. (RM)

Comments

A Organização Internacional para Migrações (OIM) coordena com as autoridades de Moçambique as formas de ajudar imediatamente os 14 sobreviventes encontrados num veículo de carga em que morreram 64 etíopes asfixiados.

Actualmente, as catorze pessoas recebem tratamento no maior hospital na província central de Tete para sua desidratação à exaustão grave. De acordo com a agência, o grupo também recebe alimentos e roupa.

O contentor era transportado por um camião interpelado num posto de controlo rodoviário na madrugada de terça-feira.

O Serviço Nacional de Migração de Moçambique  (SENAMI) também informou aos funcionários da OIM que o motorista do veículo, de nacionalidade moçambicana, já está sob custódia policial.

Os etíopes viajavam sem documentos para a África do Sul. A província moçambicana de Tete está situada a 4000 km a sul da capital etíope, Addis-Abeba, e a 1600 km a norte da cidade sul-africana de Pretória.

Moçambique faz parte da chamada Rota do Sul, uma via migratória usada com frequência por migrantes do extremo leste de África para o território sul-africano em busca de oportunidades económicas, protecção e educação.

A agência da ONU disse ter já apoiado mais de 400 etíopes no retorno ao seu país de forma voluntária desde 2018.

A África do Sul abriga cerca de 4,2 milhões de migrantes e 290 mil candidatos a asilo e refugiados. Os principais países de origem são Zimbabwe, Somália, Malawi, República Democrática do Congo e Etiópia. O Projecto de Migrantes Desaparecidos da OIM registou pelo menos 70 migrantes mortos em estradas moçambicanas, por vários motivos,  incluindo acidentes nos últimos cinco anos. A maioria era constituída por etíopes com destino à África do Sul. (ONUNEWS)

Comments

A LIGAÇÃO rodoviária para as regiões centro e norte da província de Cabo Delgado, através da EN380, no troço Sunate/Macomia, está neste momento interrompida, devido ao desabamento de uma das pontes metálicas montadas no mês passado sobre o rio Montepuez, na via alternativa criada sobre este curso de água.

O incidente ocorreu à passagem de um camião basculante, com peso que se resume seja acima do recomendado.

O delegado da Administração Nacional de Estrada (ANE), Robate Jane, explicou que uma equipa técnica da sua instituição deslocou-se ontem ao local para, juntamente com o empreiteiro, avaliar o grau dos danos e avançar, muito rapidamente, com os trabalhos de recuperação da infra-estrutura.

“Sobre as causas, não posso adiantar nada neste momento. A nossa principal preocupação é restabelecer a comunicação rodoviária, em menos de dois dias e depois  debruçaremo-nos sobre as circunstâncias em que se deu o desabamento, responsabilização entre outras questões”, explicou Jane.

O desvio alternativo sobre o rio Montepuez, na EN380, concluído em Fevereiro último, foi construído depois do colapso da ponte em betão, em consequência das chuvas intensas que se abateram sobre a província em finais do ano passado. A infra-estrutura servia de “espinha dorsal” na circulação de bens e mercadorias para os nove distritos das regiões centro e norte de Cabo Delgado.

Comments

Mais dois casos de contaminação foram testados positivos para o Covid-19, nas últimas 24 horas em Moçambique, o que totaliza um cumulativo de cinco pessoas infectadas já confirmadas.

O anúncio foi feito há momentos pelo Ministro da Saúde, Armindo Tiago, que falava em conferência de imprensa convocada para a actualização dos dados sobre a pandemia.

Tiago explicou que nas últimas 24 horas, 10 pessoas suspeitas foram submetidas a testes, onde dois casos deram positivos. A testagem destes casos foi feita por um dos dois laboratórios privados aprovados para a realização deste tipo de análises, enquanto os primeiros três casos foram testados pelo Instituto Nacional de Saúde.

Segundo as autoridades da saúde, as cinco pessoas confirmadas encontram-se a observar quarentena domiciliária.

O ministro ressalvou que quatro destes casos são importados e um vítima de transmissão local. Como forma de prevenir a propagação do Covid-19, foi realizada a procura de 61 pessoas que tiveram contactos directos e indirectos para serem acompanhadas pelas autoridades.

Entretanto, as autoridades da saúde apelam a observação de medidas de prevenção de contaminação pelo novo coronavírus que se resumem na lavagem das mãos com água e sabão, a etiqueta da tosse e o uso de javel para a desinfecção das mãos em caso de falta de álcool em gel.

Comments

Vinte e três pessoas morreram e outras 13 contraíram ferimentos, entre graves e ligeiros, na sequência de 21 acidentes de viação ocorridos semana finda em diversas regiões do país.

Este número representa umaumento de mortes e sinistros rodoviários, comparativamente a igual período do ano passado, em que pereceram 10 indivíduos em 18 acidentes.

Dados enviados hoje, pelo Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), indicam que os acidentes de viação foram causados por excesso de velocidade, condução sob efeito de álcool e ultrapassagem irregular.

Entretanto,  a Polícia de Trânsito (PT) fiscalizou durante a semana finda 64.970 viaturas, 893 das quaisos respectivos automobilistas apresentaram documentos duvidosos e foram apreendidas.

No mesmo período, as autoridades autuaram 10.014 automobilistas, por diversas irregularidades, e apreenderam 587 cartas de condução de automobilistas que dirigiam sob efeito de álcool e 89 livretes.

Ainda nesta operação policial, quarenta e um condutores foram detidos por condução ilegal e outros 17 por tentativa de suborno às autoridades policiais para se isentar das multas a que eram impostos por diversas infracções.

 

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Administrator: Rogério Sitóe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction