Director: Lázaro Manhiça

O Parque Nacional da Gorongosa (PNG) adoptou recentemente o safari virtual para minimizar os impactos considerados incalculáveis da Covid-19 que culminaram com a ausência total de turistas naquela reserva de flora e fauna. De acordo com o respectivo administrador, Pedro Muagura, falando à margem do Dia Internacional do Fiscal de Fauna e Flora, o safari virtual consiste em uma ou duas pessoas irem numa única viatura que devia levar, por exemplo, 10. Leia mais

Comments

O Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas afirma-se preocupado com a fraca oferta de ração, condição essencial para catapultar o desenvolvimento da aquacultura no país, que tem um potencial de produzir quatro milhões de toneladas de pescado, mas, no último quinquénio, só conseguiu 3700 toneladas, cifra muito aquém das expectativas.

Na busca de soluções a nível interno para ultrapassar os problemas que afectam o sector de produção de ração para a indústria de aquacultura em Moçambique, o ministério reuniu-se na província de Maputo com os produtores que operam na cadeia de valor desta actividade.
Falando no encontro, a ministra Augusta Maíta disse que a ração continua a ser o“calcanhar de Aquiles” para o desenvolvimento da indústria deaquacultura no país. “Com esta indústria a produzir como esperamos, estaremos também a reduzir a pressão sobre os recursos pesqueiros no mar”, defendeu, citada pela AIM.

A governante referiu que o executivo tem uma meta ambiciosa para os próximos 10 anos,de produzir 400 mil toneladas de pescado em aquacultura, quantidade que só pode ser alcançada com o apoio de todos os intervenientes da cadeia de aquacultura mas, em particular, com a dinamização da indústria deração a nível nacional. “Queremos transformar a aquacultura na solução mais sustentável e mais viável para o sector pesqueiro, mas, sem ração de qualidade, esse desiderato será alcançado de forma muito mais lenta”, anotou.

Segundo Augusta Maíta, o grande problema que também se coloca tem quever com a qualidade e preço da ração disponível no mercado, o que por vezes obriga os produtores nacionais a optarem por importarem insumos de fora porque permitem um crescimento rápido do peixe, comparado com a ração produzida internamente e colocada ao preço mais caro.

Comments

FISCAIS da Reserva Especial de Maputo (REM) e da Reserva Marinha Parcial da Ponta do Ouro, no Distrito de Matutuíne, foram distinguidos pelo seu trabalho na defesa da biodiversidade, no âmbito do Dia Mundial dos Fiscais, data assinalada a 31 de Julho. A efeméride foi instituída em 1992 e constitui uma oportunidade de reflexão sobre os desafios da profissão. O momento serve, igualmente, para render homenagem aos fiscais que perderam a vida no exercício das suas missões. Leia mais

Comments

DEZOITO fiscais perderam a vida em todo o país entre 2012 e 2020 em resultado de confrontos directos com criminosos, atacados por animais, em defesa de pessoas e bens e em consequência de outros acidentes. O facto foi revelado sábado pelo director de protecção e conservação das Administração Nacional das Áreas e Conservação (ANAC), Carlos Lopes Pereira, no decorrer das celebrações do 31 de Julho, Dia Internacional do Fiscal de Fauna e Flora, um evento dirigido pela Ministra da Terra e Ambiente, Ivete Maibaze. Leia mais

Comments

DEZOITO fiscais morreram em resultado de confrontos com criminosos, ataques de animais bravios e outros acidentes registados em todo o país, entre 2012 e 2020. O facto foi revelado sábado pelo director de protecção e conservação da Administração Nacional das Áreas e Conservação (ANAC), Carlos Lopes Pereira, falando nas celebrações do 31 de Julho, Dia Internacional do Fiscal de Fauna e Flora, evento dirigido pela ministra da Terra e Ambiente, Ivete Maibaze.

Na ocasião, a governante revelou, igualmente, que pelo menos 34 sentenças de prisão por crimes contra a vida selvagem foram registadas de 2019 a esta parte.

Segundo a ministra, os criminosos, alguns dos quais estrangeiros, foram condenados a penas que variam entres os 12 e 16 anos de cadeia, uma tendência que demonstra o cometimento do sistema judiciário no combate ao tráfico de produtos selvagens no país.

“Destacamos também o treinamento de mais de 450 fiscais em diversas matérias sobre fiscalização da vida selvagem e em coordenação com a Procuradoria-Geral da Republica e Tribunal Supremo a capacitação de 73 procuradores e 20 juízes em matérias sobre crimes contra a vida selvagem”, ajuntou a Ivete Maibaze.

A dirigente fez questão de dirigir uma mensagem aos fiscais reconhecendo o impacto da sua actividade na vida dos seres humanos além da protecção dos recursos humanos.

Relativamente à fase actual, a ministra defendeu que o papel do fiscal não se resume à protecção das florestas, mas também ao apoio directo das comunidades através da educação sobre boas práticas e distribuição de materiais de protecção.

(Eliseu Bento)

Comments

CONVERSAS AOS SÁBADOS

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente: Júlio Manjate

Administrator: Rogério Sitoe

Administrator: Cezerilo Matuce

JORNAL DIGITAL


Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Tomato Green Blue Cyan Dark_Red Dark_Blue

Body

Background Color
Text Color

Header

Background Color

Footer

Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family
Direction